terça-feira

I'm in Love with a...



... O estrondo de luz trouxe-mo do deambular catatónico em que a música me veste sempre que a tua memória insiste em fermentar silêncios ou apenas sonhar-me naufrágio em tons magenta como as horas que guardo no corpo acordado a sete chaves de vidro, como alicerces de águas par(a)das de sombras que nos mastigam demoradamente, como um farol iluminado que cega o poeta desprevenido, fervendo emoções que doem porque assomam espectros desesperados num bairro de letras cem palavras  e  antes que a noite chegue, acendo um cigarro que não fumo.