sexta-feira

Stay close to me



Hoje
cai neve do teu olhar

_____________________que se perde na alvura da minha pele
e  sucumbem palavras nos lábios que me sorriem à distância
de-va-ga-ri-nho
como o bater de asas da ave aprisionada no meu peito
árvores despidas
caídas 
a meus pés
trémulo o chão afogado resgatado
que pa(i)ra
entre o meu abraço que não te alcança
até ao toque pianissimo
________________quase roçar do teu olhar na minha mão
debaixo de água______________ o som do teu olhar agora líquido
numa prece
que aquieto
num aceno de nem sim nem não.