sábado

Bonjour tristesse



em pensamentos de dança
rodopiamos passos de desencontro
em que 
os teus braços se cruzam em vez de me abraçarem

a queda é livre e o momento solítário